terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Regresso ao futuro

«A economia liberal que nos deu o super-capitalismo, a concorrência desenfreada, a amoralidade económica, o trabalho-mercadoria, o desemprego de milhões de homens, morreu já. Receio apenas que, em violenta reacção contra os seus excessos, vamos cair noutros que não seriam socialmente melhores.

As instituições políticas correspondentes, sobretudo a democracia parlamentar, não tardarão a ter a msma sorte. Ainda aqui será preciso cuidado, não vá matar-se um mal, criando outros, [...]. É certo que a desordem económica do mundo e as dificuldades daí derivadas facilitaram o advento das ditaduras, mas enganar-nos-íamos vendo na génese apenas o mal estar económico e não aspirações mais profundas de transformações políticas. As ditaduras não me parecem ser hoje parêntesis dum regime em formação. Terão inteiramente perdido o seu tempo os que voltarem atrás, assim como talvez o percam os que nelas supuserem encontrar a suma sabedoria política.»

António de Oliveira Salazar, 1934

1 comentário:

Rui Moio disse...

Salazar e o seu pensamento sobre a economia liberal e a previsão que as democracias poderiam reactivar este sistema económico.